Tim Dahl, Thomas Rohrer e Carlos Issa + Bob Bert encontra Facka + Test na Associação Cultural Cecília /SP

Tim Dahl (baixo), Thomas Rohrer (rabeca, sax) e Carlos Issa (guitarra, eletrônicos)
Bob Bert (bateria) encontra Facka
Test

*20 de Dezembro, domingo
Associação Cultural Cecília
@ Rua Vitorino Carmilo 449, Sta Cecília /SP
16h
$15 | $20 com poster do evento em serigrafia por Matias Picón

tim-dahl_bob-bert
por Matias Picón

Aproveitando a vinda de Lydia Lunch Retrovirus a São Paulo para única apresentação no SESC Belenzinho, a Brava convidou o baterista Bob Bert e o baixista Tim Dahl a se apresentarem com músicos locais.. o resultado é este evento especial na Associação Cultural Cecília, com 2 sets de interação e improvisação, com o duo de death/grind Test encerrando a noite.

Bob Bert
(EUA)
baterista que já deixou sua marca por bandas como Sonic Youth, Pussy Galore, Chrome Cranks, Knoxville Girls, fundou o Bewitched, participou de mais de 30 álbuns de diferentes grupos e atualmetne integra o Lydia Lunch Retrovirus.

Tim Dahl (EUA)
baixista no Child Abuse e The Hub, também vocalista, tecladista e compositor, toca ainda com o grupo de avant jazz Pulverize The Sound, excursionou pelo mundo em apresentações ao lado de nomes como Yusef Lateef, Archie Shepp, Eugene Chadbourne, John Zorn, Marc Ribot, Elliot Sharpe, Tatsuya Yoshida and Stanley Jordan, e atualmetne integra o Lydia Lunch Retrovirus.

bob-tim

Thomas Rohrer (Suíça/Brasil)
suíço radicado no Brasil desde 1995, seu trabalho com a rabeca e o saxofone transita entre a improvisação livre e a música regional brasileira.

Integra o trio com o claronista suíço Hans Koch e Panda Gianfratti, além do grupo Black Cube SP com Rob Mazurek, Mauricio Takara, Guilherme Granado, Rogerio Martins e Rodrigo Brandão.

Em 2011 tocou na banda que acompanha o lendário saxofonista americano Yusef Lateef em seus shows no Brasil.

Tradição Improvisada
Coletivo Abaetetuba

Carlos Issa (SP)
músico e artista visual paulistano, explora diversos caminhos e sonoridades experimentais, seja com seus projetos solo como Objeto Amarelo e Dia, seja com sua banda Auto. Abstração, ruidagem e colagem sonora são os ingredientes principais nas suas composições.

Já dividiu o palco com Kevin Drumm, Dan Bitney, Damo Suzuki, Rob Mazurek e com músicos brasileiros de sua geração como Mauricio Takara e Guilherme Granado.

Carlos Issa
Dia
Objeto Amarelo
Auto

Test (SP)
Formado em São Paulo em 2010, o duo Test (Barata – bateria, João Kombi – guitarra/vocal) mistura vários estilos de rock extremo, com base no death/grind e é conhecido por realizar seus shows onde bem entende, usando uma Kombi e um gerador.

www.brava.etc.br/test
Test

Facka (SP)
Recém formado trio de noise rock free punk que conta com Luis Tissot (Thee Dirty Rats, Jesus and the groupies, Human Trash) na bateria, Matias Picón (Animal Cracker, Sonora Scotch) no vocal/guitarra e Rafael Jorge no sax.

http://facka.bandcamp.com


Brava   |Selo Produtora   Loja